terça-feira, 23 de junho de 2015

[Resenha] Cartas de Amor aos Mortos




Título do Livro: Cartas de Amor aos Mortos
Autor(a): Ava Dellaira
Editora: Seguinte
Número de Páginas: 344
Sinopse: "Tudo começa com uma tarefa para a escola: escrever uma carta para alguém que já morreu. Logo o caderno de Laurel está repleto de mensagens para Kurt Cobain, Janis Joplin, Amy Winehouse, Heath Ledger, Judy Garland, Elizabeth Bishop... apesar de ela jamais entregá-las a professora. Nessas cartas, ela analisa a história de cada uma dessas personalidades e tenta desvendar os mistérios que envolvem suas mortes. Ao mesmo tempo, conta sobre sua própria vida, como as amizades no novo colégio e seu primeiro amor: um garoto misterioso chamado Sky. Mas Laurel não pode escapar de seu passado. Só quando ela escreve a verdade sobre o que se passou com ela e com a irmã é que poderá aceitar o que aconteceu e perdoar May e a si mesma. E só quando enxergar a irmã como realmente era - encantadora e incrível, mas imperfeita como qualquer um - é que poderá seguir em frente e descobrir seu próprio caminho."


Classificação: 

Estou em busca de palavras suficientes para demonstrar o quando esse livro mexeu com o meu emocional. Um início confuso, que quase me fez desistir, mas uma história que me comoveu e me fez ir fundo nos pensamentos.

Laurel é uma menina muito inocente, que carrega nos seus ombros uma culpa e tristeza imensa.. Com a perca da irmã, May, a menina se encontra totalmente perdida no mundo atual, abandonada pela mãe, que fugiu com a intenção de evitar um sofrimento maior, Laurel vive um pouco com seu pai, e também com sua tia Amy (que é uma pessoa totalmente devota a Deus, exageradamente). 

Laurel era fã numero 1 de sua irmã, a defendia e admirava em todos os momentos que ela viveu, desejando sempre poder aproveitar a vida e também passar pelos mesmos momentos que May vivenciou e depois relatou a ela. May era mais que uma irmã, era confidente, era amiga.. e a sua morte deixou um vazio enorme na vida de Laurel.

"Porque sua irmã a deixou?", essa era a pergunta que ecoava por todos os lados, sem resposta. Laurel decide mudar de escola, pois acha que não aguentaria qualquer piedade vinda de alguém por conta da morte de sua irmã, não queria que as pessoas tivessem esse sentimento por ela. Pena... não queria ser motivo de pena. 

Na nova escola, Laurel se sente sozinha, desamparada. É na aula de inglês que sua vida muda completamente, quando a professora passa uma tarefa pedindo para o aluno escrever uma carta para alguém que já morreu. Laurel escolhe escrever a carta para Kurt Cobain, pois sua irmã o amava muito, mas acaba desabafando o suficiente para perder a coragem de entregar a lição. Após a carta para Kurt, Laurel acaba escrevendo várias cartas a famosos já mortos, o que virou um diário, onde ela contava suas experiencias e medos. 

Laurel conhece e faz amizade com duas meninas, Natalie e Hannah, que também vivem um dilema muito complicado. Natalie e Hannah tem sentimentos recíprocos uma pela outra, mas convivem com um medo de rejeição e desprezo, principalmente pelo irmão de Hannah, que não é uma pessoa compreensível. Laurel também se apaixona por Sky, um rapaz cheio de misterios e segredos.

Fiquei encantada com a maneira que a autora transmite os sentimentos da personagem, sofremos junto com suas revelações, e cara... é tudo tão delicado. Conforme Laurel escreve, vai amadurecendo, e notando o quando ela precisa se livrar desses sentimentos de culpa, que precisa desabafar e parar de viver a sombra de sua irmã.

Cartas de Amor aos Mortos é um drama intenso, que aborda diversos temas polêmicos, que incentiva toda a forma de amor, e que alerta aos perigos atuais que as vezes calam muitas pessoas. Seria incrível se todos do mundo tivessem a oportunidade de mergulhar nessa história, o livro é um turbilhão de sentimentos que valem a pena. 


Um comentário:

  1. Adorei a resenha *-* e esse livro <3

    www.eusouacorbranca.blogspot.com

    ResponderExcluir