quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Resenha do livro Querido John de Nicholas Sparks


 Sinopse: Nicholas Sparks, autor número um de best-sellers, traz agora uma história inesquecível de um jovem que tem de tomar a decisão mais difícil de sua vida, em nome de seu grande amor. “Querido John”, dizia a carta que partiu um coração e transformou duas vidas para sempre... Com um futuro sem grandes perspectivas, ele, um jovem rebelde, decide alistar-se no exército após concluir o ensino médio. Durante sua licença, conhece a garota de seus sonhos, Savannah Lynn Curtis. A atração mútua cresce rapidamente e logo se transforma em um tipo de amor que faz com que Savannah prometa esperá-lo concluir seus deveres militares. Porém ninguém previa o que estava para acontecer: os atentados de 11 de setembro mudariam suas vidas e a do mundo todo. E assim como muitos homens e mulheres corajosos, John deveria escolher entre seu país e seu amor por Savannah. Agora, quando ele finalmente retorna para Carolina do Norte, ele descobre como o amor pode nos transformar de uma forma que jamais poderíamos imaginar.
        John Tyree nasceu e cresceu em Wilmington, Carolina do norte. Sua mãe a abandonou quando ainda era criança e quem o criou foi seu pai. Sem muita relação de afeto entre eles, construíram uma vida distante, sem muita comunicação. O único assunto entre eles era moedas.
Sem muitas chances de mudar de vida, John resolve se alista no exército e aí que a história começa. Ao tirar sua licença, conhece Savannah, uma mulher doce e que seria a mulher dos seus sonhos. A paixão ocorreu de forma rápida, mas o primeiro beijo demorou um pouco para acontecer. A partir daí tudo se desenrola de uma maneira incrível. E as duas semanas terminam. Duas semanas foi o tempo em que eles tiveram para se apaixonar e ficarem juntos.
Morrendo de amores, Savannah resolve esperar por John, que ficaria livre do exército em um pouco tempo. Eles começam a trocar cartas após a partida de John. E quando tira outra licença, eles curtem cada momento juntos, vivendo intensamente cada momento e quando volta para a Alemanha, começa a ligar para Savannah com frequência.
Só que ninguém contava com os ataques de 11 de setembro, que mudariam tudo na vida dos dois. Após acontecer isso, John resolve se alistar por mais um tempo no exército e as coisas não saem como o planejado. Savannah não aceita isso.
“Querido John’’ assim começava a carta que fez a vida de John desabar e não fazer mais sentido. Savannah decide por si só que não aguentaria aquela vida distante do seu amor. John só foca na carreira militar e passa a viver só para isso. Mas algo acontece, seu pai acaba falecendo. Ao volta para os EUA, John vai reencontrar Savannah e vê uma coisa que não esperava. Savannah está casada com Tim, seu amigo de muito tempo, pai de um menino autista. Tim é detectado com câncer terminal e Savannah deseja leva-lo para fazer um tratamento experimental mas não tem dinheiro. John então vende todas as moedas de seu pai, e doa o dinheiro anonimamente para eles.
O livro me tocou de uma maneira incrível, me emocionei muito do início ao fim. Tanto pela história de Savannah e John, tanto pelo pai de John ser autista. Poucos livros relatam o cotidiano de um autista e Nicholas relatou incrivelmente bem. E o desfecho é diferente dos romances clichê, para decepção geral.  Sou apaixonada por esse livro, talvez porque tenha sido um dos primeiros que li do Nicholas e me marcou bastante. Recomento muuuito! É indiscutível os números grandiosos de exemplares vendidos, pois esse livro é daquele de se ter guardado na memória sempre. Impossível ler e não gostar!
Acabei assistindo o filme ontem, em partes foi bom, mas acho que ficou algumas falhas, pois a história foi mudada bastante. Mas qual história não mudam né?

Um comentário:

  1. Eu sou apaixonado pelos livros do Nicholas e esse foi o primeiro livro que eu li dele e fiquei apaixonado pela leitura e pela história, mas sou suspeito pra falar já que eu amo muito qualquer tipo de romance. Adorei seu blog.

    Meu Blog: www.umcontainer.com

    ResponderExcluir